26
Abr 12

 

 

Dizem que o poeta é um louco

e de tudo um pouco,

louco é certo.

Mas perto da loucura

perece o génio.

Deambulando na inspiração, na procura…

E perante tal tortura,

certamente a loucura

não é uma opção.

É obrigação,

é inspiração!

Porque entre o génio e o louco

Não há divisão.

 

publicado por Eros às 22:13
tags: ,

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO