13
Fev 12

 


 

Tudo o que vês, pairar no ar.

A ilusão permanente á mercê, de quem amar.

Eu e você, á minha frente,

apenas ilusão do que se sente.

 

Será assim até desvanecer,

uma ilusão permanente.

Será assim até desvanecer,

a crença de que está presente

 

 

publicado por Eros às 19:46
tags:

Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
15
16
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO